CHEGAMOS AO ÚLTIMO ATO

 

No próximo domingo chegaremos ao último ato de um ano confuso, ano diferente (apesar de que nos últimos 5 anos tivemos dias difíceis em vários deles).

O jogo contra o Bahia em nossa casa (provavelmente lotada) vai encerrar o ano de altos e baixos, acertos e erros, idas e vindas, alguns jogos inesquecíveis, outros que deveriam ser apagados totalmente de nossas memórias, mas principalmente o ano que será marcado como o fim de um estigma que carregávamos desde sempre, o do “O SÃO-PAULINO SÓ VAI NA BOA”.

Negativo, o são paulino provou que vai na boa, vai na “ruim” e vai na péssima, o são paulino provou se importar com seu time, o são paulino mostrou que chora, canta, sofre, e o mais importante faz isso em casa no estádio na internet (e corneteamos também na mesma proporção).

Como toda paixão ela gera discussões acaloradas, discordância de ideias, pontos de vista, mas a maioria foi sempre procurando o que achamos melhor para o time e para o clube; algumas, meio sem sentido também (sou mais torcedor que você por ir ou não ao estádio a maior delas).

Essa paixão nos uniu nas arquibancadas, cadeiras, camarotes, tanto que até em alguns jogos que normalmente veríamos vaias no fim vimos aplausos de apoio pois sabíamos que era o que o time precisava na hora e assim o fizemos.

Vimos as pessoas indo como podiam nos jogos fora de casa, carro caravana, avião, ônibus tudo para mostrar para o time que estávamos com eles cantando por eles e que não deixaríamos eles sozinhos, e eles entenderam o recado (2a melhor campanha do returno).

Sei que não é um ano que temos muito o que comemorar, mas para quem vai lotar o Morumbi domingo, ou estará em qualquer parte do brasil acompanhando comemore, comemore por você, pelo amigo tricolor que você conheceu nas redes sociais, que você conheceu na arquibancada, na cadeira etc…. comemore a torcida que seu clube tem, o tamanho que ela tem, mas principalmente o que ela mostrou para o país… mostrou o que significa o #Issoétorcida.

Siga no twitter: @DougSalsixa