JARDINE, O COLECIONADOR DE TÍTULOS

ImagemPostFernandoCruz

 

Torcedor Tricolor on The Rock

 

É impressionante o trabalho que está sendo feito na base tricolor, em particular no Sub-20; em uma mesma semana, André Soares Jardine, ou simplesmente André Jardine, gaúcho de 37 anos, ganhou dois títulos em sequência: a Copa do Brasil Sub-20 com o empate de 2×2 contra o Bahia e neste domingo com a vitória de 4×2 contra o Capivariano, o São Paulo levou o Paulistão Sub-20, e desde que chegou ao São Paulo em 2015 é assim,Jardine tem construído uma trajetória muito vitoriosa no time no Morumbi.

copabrasilsub20

Jardine tem uma carreira de treinador desde 2003, seu início foi nas categorias de base do Internacional, passou por todas as divisões, sendo que em 10 anos de trabalho (saiu em 2013) conquistou cerca de 30 títulos, foi responsável por revelar nomes no Internacional como: Rodrigo Dourado, Eduardo Sasha e Fred que atualmente joga no Shakhtar Donetsk, depos de 10 anos de Inter foi contratado pelo Grêmio em 2014 ali ganhando novamente títulos: Campeão Gaúcho após Sete Anos e revelando jogadores como: Wallace e Everton.

Foi então promovido a auxiliar de Luis Felipe Scolari, quando este foi técnico do Grêmio mas se desentendeu com o então técnico Gremista e foi demitido graças ao comandante do eterno 7×1 da seleção da CBF, o modo de treinar de Jardine entrou em choque com o então técnico Gremista fazendo Jardine levar bronca em público durante um treinamento em que Jardine orientava a equipe de modo diferente do comandante do 7×1 para a Alemanha, mas Jardine acompanhou Júnior Chavare, seu diretor nas categorias de base do Grêmio, e que veio para o Morumbi e aqui inciou uma trajetória brilhante de revelação de inúmeros jogadores que podem dar alegrias ao novo técnico Rogério Ceni e a todo torcedor tricolor, só citarmos exemplos como: David Neres, Pedro, Shaylon, Lucas Fernandes, Lucas Kal, Banguelê, Gabriel Militão, Lucas Perri, dentre outros,no Sub-20, o São Paulo se tornou uma equipe muito forte e este caminho vendo seguido em todas as divisões de Base.

Confirmando sua fama de colecionador de títulos,quando chegou ao Morumbi não foi diferente, menos de 3 meses após sua chegada em 2015, conquistou a Copa Ouro Sub-20 com 100% de aproveitamento, logo após conquistou outros títulos muito importantes como: Campeão da Copa do Brasil Sub-20, a Libertadores Sub-20 que para mim foi o título maior conquistado por André Jardine.

andre-jardine

Para mim Jardine já ganhou tudo o que poderia ganhar com a base, agora sem dúvida é um técnico que pode experimentar dirigir uma equipe principal, tem um estilo de jogo bastante moderno em minha opinião e fez com que os garotos do sub-20 seguissem a risca suas instruções, sem dúvida este estilo de marcação alta, de futebol vibrante e ataque envolvente fazem com que as equipes de Jardine sejam grandes vencedoras.

Jardine já treinou o São Paulo principal por duas vezes neste ano: na vitória em Recife contra o Santa Cruz por 2×1 e na derrota para o Botafogo por 1×0, foram partidas em que o São Paulo demonstrou muito da inconstância no futebol do time que dominou a equipe nesta temporada, alternando bons primeiros tempos e péssima etapa complementar,muito pouco pra dizer que Jardine não seja um nome que mereça ser melhor observado numa equipe principal, mesmo porque aos 37 anos ainda tem muito futuro pela frente e seu trabalho brilhante na base vai render muitos frutos ao tricolor principal.

Grande Abraço a Todos!

Até a Semana Que Vem!

Siga-me no Twitter:@fernandocruz37

Siga-me no Instagram: fercione

Sobre Fernando Cruz 143 Artigos
Fernando Pereira,42 anos,técnico contábil,formado em administração de empresa,passou pelo blog Isto é SPFC,torcedor do tricolor do Morumbi e rockeiro desde sempre!