DOIS CASOS DE DESRESPEITO COM O TRICOLOR

Blog Tricolor

Torcedor tricolor on the rock

 

Mesmo com o futebol em férias, o São Paulo deixou de ter noticias agitadíssimas e de estar bombando na imprensa negativamente. Dois casos de desrespeito com a instituição São Paulo e que definitivamente mancham a carreira dos dois jogadores.

Em férias em Orlando, Jean, que já tinha causado outras polêmicas no time, foi preso depois de agredir sua esposa Milena, uma agressão covarde, injustificável e uma atitude de quem tem sérios problemas mentais e desequilíbrio pra vestir uma camisa tão importante como a de goleiro do tricolor. Um dinheiro rasgado num investimento em um jogador que acima de tudo tem um caráter muito baixo.

Jean já vinha de um histórico de problemas com a camisa do tricolor, primeiro se envolveu numa polêmica com o então goleiro Sidão, numa troca de agressões via rede social, expôs um clima insustentável entre titular e reserva, depois teve discussões com o coordenador técnico Wagner Mancini, além de ter sido expulso numa partida contra o Vitória, rival de sua equipe anterior, o Bahia.

Tudo isso não foi nem sombra da gota d’água que foi bater em sua esposa, qualquer agressão contra uma mulher, não tem o menor perdão e a atitude de Jean foi absurda, ridícula e covarde.Um crime que Jean terá que responder perante a lei, mostrando que sua vinda ao Morumbi não teve o menor critério e que sua saída tardou a acontecer do time do Morumbi.

Arboleda teve uma atitude lamentável, vestindo a camisa de um rival; o Palmeiras, sorrindo alegremente, num completo desrespeito com a torcida tricolor, “ídolo” de alguns torcedores, teve uma performance razoável ao longo de 2019, porém numa total falta de comprometimento, abraçou técnicos adversários sorrindo como foi o caso de Renato Gaúcho que aplicou uma goleada no São Paulo, a atitude de Arboleda pode ser até justificada em seu post do Instagram se desculpando perante a torcida alegando que foi uma aposta. Porém nenhuma aposta se justifica afinal com a facilidade da Internet, uma camisa é entregue em qualquer canto do mundo, resta ao São Paulo punir o jogador ,afastando-o do elenco e vendendo na primeira oportunidade que tiver.

Arboleda não tem o menor comprometimento com a camisa e com a torcida são-paulina, já se envolveu em polêmicas extra-campo que não justificam sua permanência no clube. Sua atitude o deixou sem nenhum clima no clube, qualquer falha sua daqui pra frente vai gerar um desgaste necessário pra sua carreira,uma burrice inaceitável.  Na verdade, não se importa se o torcedor irá sofrer com 11 anos sem títulos de relevância. Cada qual a sua maneira, representam bem o atual momento de péssimas contratações do São Paulo. Dois erros que precisam ser reparados com a saída de cada um do time.

 

Grande abraço a todos!

Até a semana que vem!

 

 Siga-me nas redes sociais

 

Twitter: @fernandocruz37

Instagram: fercione