MAIS UMA VITÓRIA E UM NOVO FOCO.

 

Salve nação tricolor,

E aconteceu, o São Paulo conseguiu a terceira vitória consecutiva no último sábado ao vencer o Atlético Goianiense fora de casa, mas em um Serra Dourada que mais parecia um Morumbi tamanho o apoio que a torcida tricolor deu ao time; antes tínhamos vencidos os fortes Santos (que briga pelo título) e Flamengo (talvez o melhor elenco do país).

Numericamente o tricolor ainda corre risco, mas a meta do São Paulo não é mais lutar contra o rebaixamento, temos outra meta, e embora alguns amigos possam achar que eu falo de libertadores, na verdade não, falo de o time jogar bem sem Cueva, essa é a meta de Dorival; fazer o time jogar bem sem o peruano.

No ano de 2017 o São Paulo não conseguiu fazer boas partidas sem o peruano em campo, aliás até com ele, em alguns momentos em que ele não esteve bem, seja por estar fora de forma ou como alguns dizem, “sem vontade”, o time não deu liga; o fato é que sem o peruano o time muda do vinho para a água…

Hernanes para muitos é o grande pilar da recuperação tricolor, e ele faz por merecer, pois tem jogado demais…, mas eu vejo que a recuperação do São Paulo passa pela melhora em seu meio-campo; o quinteto Jucilei, Petros, Hernanes, Cueva e Marcos Guilherme deu liga, e vejo a melhora no setor, junto com a segurança dos laterais, como fatores fundamentais para que o São Paulo hoje comece a pensar em brigar por uma vaga na libertadores em 2018.

Portanto, uma coisa por vez, primeiro vamos fazer o São Paulo jogar sem o Cueva e depois, conseguindo isso, entrar de vez na briga por uma vaga na libertadores no ano de 2018, afinal é o mínimo que um time como o São Paulo e com o elenco do qual dispõe, pode oferecer a nossa torcida que tem dado significado ao termo 12 jogador, mas isso é assunto para outro post.

Um abraço a todos, fiquem bem.

Siga no twitter

www.twitter.com/Guine_SPFC

Discussões e opiniões sobre futebol e sobre o Tri-Mundial.