O fim do RUSH

O guitarrista Alex Lifeson confirmou o que já se sabia: o Rush chegou ao seu fim. Em entrevista ao The Globe And Mail, o músico disse que não há planos para novas músicas ou turnês e que, basicamente, eles estão “encerrados”.

“Já faz um pouco mais de dois anos desde que o Rush fez sua última turnê”, disse Alex Lifeson. “Não temos mais planos para excursionar ou gravar. Basicamente, estamos encerrados. Depois de 41 anos, sentimos que era o bastante.”

O fim do Rush passa diretamente pela condição de saúde do baterista Neil Peart. O músico sofre de tendinite crônica e, atualmente, está com 65 anos. Em 2015, ele sugeriu à revista Drumhead que não excursionaria mais com o Rush, revelando, ainda, que sua filha referia-se a ele como “baterista aposentado”.

Apesar do fim do Rush, Alex Lifeson disse que, agora, está “mais ocupado do que em algum tempo”, por estar “compondo muito”. “Estou compondo para quatro ou cinco pequenos projetos diferentes. Recebo convites para gravar guitarra com outras pessoas. É muito divertido para mim. A pressão é pequena, sou mais criativo do que gostaria e posso trabalhar um pouco fora da caixa, o que é bom para mim”, afirmou.

Fonte: Whiplash