Peter Murphy – Biografia

Rock ‘n' Roll

 

Salve nação Heavy Metal!

 

Mais conhecido como mítico líder dos Bauhaus, banda post punk de enorme sucesso no início dos anos 80, Murphy ao fim de cinco anos dos Bauhaus abandona a banda e esta fica inactiva. Em 1984 Peter Murphy entra num projecto chamado, Dali’s Car, com Mick Karn, ex-membro dos Japan , que não obteve grande sucesso. É então aí que Peter Murphy decide lançar a sua carreira a solo, afastando-se do estilo musical dos Bauhaus, e entrando num estilo mais rock que fez com que este ganhasse outro tipo de apreciadores.

 

Peter-Murphy

 

A carreira solo de Peter Murphy começa com uma versão de Final Solution, canção do grupo experimental Pere Ubu. Os seus primeiros êxitos são as canções “Indigo Eyes” e “Dragnet Drag”, ambas extraídas do seu segundo álbum “Love Hysteria”, lançado em 1988, porém o seu apogeu surge em 1990 com os singles “Strange Kind of Love”, “Cuts You Up” extraído álbum “Deep”. Em 1995 Murphy teve outro álbum de grande sucesso, Cascade com singles como “Scarlet Thing In You” e “I´ll Fall Wiht Your Knife”

 

Em 1998 Peter Murphy fez uma turné de aniversário dos 20 anos dos Bauhaus.

 

Em 2006, Peter Murphy fez uma turné com os Nine Inch Nails, chegando a cantar diversas músicas do NIN como Reptile e Head Like a Hole. Ocorrem diversas apresentações “Bauhaus/Nine Inch Nails”, misturando canções de ambos os grupos (além de canções dos Pere Ubu e TV On The Radio).

 

Em 2008, sem lançamentos de Bauhaus há 25 anos , é editado Go Away White. Com este lançamento, Murphy e os restantes elementos Bauhaus, garantem ser o derradeiro da final da banda.

 

Em agosto de 2013 Peter Murphy veio ao Brasil para apresentar a turnê “Mr. Moonlight Tour” no Carioca Club em São Paulo, para celebrar os 35 anos da criação do Bauhaus. Contou com “King Volcano” como música de abertura e clássicos da banda como “Bela Lugosi is Dead”, “Kick In The Eye” e “She’s In Parties”.

 

No início do show foi apresentado um preview com músicas do novo álbum “Lion”. As músicas apresentadas são “Eliza”, “Gabriel”, “Loctaine” e “The Ghost Of Shokan Lake”. Perto do fim do show, Peter Murphy chama ao palco Wayne Hussey, que estava na plateia assistindo e então improvisaram juntos “Telegram Sam” e “Ziggy Stardust”.

 

Peter Murphy mal parece ter saído do Brasil e já está volta. O músico britânico, responsável por criar todo um gênero sombrio de rock com o seu Bauhaus volta a se apresentar em São Paulo, no Carioca Club, no dia 20 de julho. O anúncio foi feito pela produtora 8X8 Live.

 

A última vez que o britânico de Northampton veio ao Brasil foi em agosto de 2013, na mesma casa de shows, em uma turnê de celebração de 35 anos desde o início das atividades da banda que ajudou a cunhar o termo rock gótico.

 

Desta vez, a ideia deixar a nostalgia um pouco de lado para mostrar o material do mais novo disco solo, Lion, a ser lançado em junho deste ano. Não que os clássicos do Bauhaus ficarão fora do setlist, é claro.

 

Outra grande novidade é a atração de abertura, outro britânico, também importante para a cena gótica do rock, com a banda The Sisters of Mercy. O guitarrista Wayne Hussey mostrará músicas do antigo grupo e do The Mission.

 

Hussey e Murphy já se apresentaram juntos, justamente no Carioca Club de 2013 (veja no player abaixo) e podem voltar a repetir a tabelinha em 2014. O preço dos ingressos será divulgado a partir desta quarta-feira, 16.

 

Sobe o som que é rock n’ roll de qualidade.

http://youtu.be/Wc2cA9NftHw

vamos pegar o violão e tocar esse clássico!

Strange Kind of Love – Peter Murphy

Até semana que vem!