R.I.P. Tom Petty

 

Salve nação Heavy metal

O músico Tom Petty, de 66 anos, morreu nesta segunda-feira (02) após parada cardíaca. A informação foi divulgada pela CBS News e reproduzida pelos principais veículos internacionais, como “People” e “Hollywood” “SMZ” entre outros.

Foi encontrado na sua casa inconsciente e sem respirar. Informou primeiro o TMZ. Segundo este veículo, o músico foi internado no Hospital UCLA Santa Monica, nos Estados Unidos. Ele chegou ao local já sem atividade cerebral e foi mantido vivo com a ajuda de aparelhos. Porém, visto o estado de saúde dele, foi decidido que os aparelhos seriam desligados.

Tom Petty ganhou notoriedade com o grupo que leva seu nome e vendeu mais de 80 milhões de álbuns desde a década de 1970. O guitarrista também participou do supergrupo Traveling Wilburys, que ainda tinha Bob Dylan, George Harrison Jeff Lynne e Roy Orbison.

Em 1999, sua banda ganhou uma estrela na Calçada da Fama e, em 2002, o instrumentista foi indicado ao Hall da Fama do Rock and Roll.

The Heartbreakers, também conhecidos como Johnny Thunders and the Heartbreakers, foram uma banda de punk rock americana formada em Nova York em Maio de 1975. Apesar do estrondoso sucesso em Nova York, o grupo encontra nenhuma gravadora por causa de falhas de ignição New York Dolls e sua má reputação por abusos de drogas. A sorte finalmente sorriu para eles quando são convidados por Malcolm McLaren, ex-empresário e figurinista do New York Dolls, que posteriormente empresariou os Sex Pistols, a emigrar para Londres em 1977 para participar do Anarchy Tour com o Sex Pistols, The Damned e The Clash. Na Inglaterra, eles lançaram seu primeiro single formado por duas canções que se tornaram cult, Chinese Rocks, composta por Dee Dee Ramone e Born To Lose, então um bem-sucedido álbum muito, alguns dos melhores do rock, mas o som não muito bem: L. A. F. M. (Like A Mother Fucker). O disco também é conhecido como o DTKLAMF, as primeiras três letras que significa “Down To Kill”. Vários lançamentos em CD não chega, infelizmente, não melhorar o som deste disco mítico populoso punk rock hinos absolutos (Chinese Rocks, All By Myself, Born to Lose, Pirate Love, One Track Mind). O vício emheroína provado e assumido por todos os membros do Heartbreakers certamente fez muita coisa em sua queda, embora com razão, considera o grupo como um dos fundadores do estilo punk. Embora sua música era fortemente tingida com influências que variam do rockabilly original EUA dos anos 50 passando o delta blues e British Invasion 60 o Rolling Stones ou os Yardbirds, o “Caça-corações” mostraram grande perícia palco e uma maturidade instrumental, ao contrário de seus contemporâneos ingleses, o que lhes valeu uma reputação como bestas de lendária cena hoje. Por volta de 1978, um tumulto, causado, nomeadamente, pela partida de Jerry Nolan, decepcionados com a mistura pobre AMFA. The Heartbreakers, gastas por drogas e desilusão, não só esporadicamente forma novamente, uma última vez para completar um grande retorno em Londres, em 1984, fracassou. em seguida, para um concerto final em Nova York sob essa denominação em 1989, além do saxofonista Jamey Heath (1957-1997), mas sem o baixista Billy Rath tornou-se pastor e, aparentemente, desapareceu da cena rock, substituído por Tony Coiro (A Waldos, morreu , 1996). Johnny Thunders prosseguiu uma carreira solo, por vezes caótica, mas brilhante, até sua morte, 23 abril de 1991, seguido quase um ano depois, 14 de janeiro de 1992, pelo seu sangue irmão Jerry Nolan. Apenas Walter Lure, hoje agente comercial em Wall Street, ainda é ocasionalmente raras aparições com a sua banda The Waldos cujo álbum Aluguel Parte publicado em 1994 dá uma boa idéia do que teria dado a música este quarteto de rock americana grande se tivesse a chance de idade um pouco mais.

Petty terminou a última grande turnê dele ao lado do Heartbreakers em agosto. O giro com mais de 50 shows correu os Estados Unidos desde o início de abril. Esta foi a primeira vez que a banda subiu aos palcos em três anos, para comemorar os 40 anos do grupo. Em uma entrevista de 2016 à Rolling Stone EUA, Petty falou sobre as performances.

“Estou achando que pode ser a última viagem pelo país. É muito provável que continuemos tocando, mas fazer 50 shows em uma turnê? Acho que não. Todos já passamos dos 60. Tenho uma neta que quero ver o máximo possível.”

Sobe o som:

Johnny Thunders & The Heartbreakers – L.A.M.F

Tom Petty And The Heartbreakers – Mary Jane’s Last Dance

Tom Petty – Free Fallin’

Tom Petty – Learning To Fly

Tom Petty – I Won’t Back Down

Tom Petty And The Heartbreakers – I Won’t Back Down

Tom Petty – You Don’t Know How It Feels

Tom Petty – Yer So Bad

Tom Petty – You Wreck Me

Demise of a long-serving staff Our utmost condolences to the family of the late Mr Tom Petty

Até semana que vem!