RODRIGO CAIO EM PAUTA

 

Torcedor Tricolor on The Rock

O São Paulo que teve ontem (segunda dia 09.04) a apresentação de seu novo reforço Gonzalo Carneiro; tem uma semana decisiva, pois estréia no mata-mata da Sul-Americana contra o Rosário Central no dia 12.04 (quinta feira) e a estréia no longo e difícil Campeonato Brasileiro contra o Paraná Clube, mas mais uma vez um assunto recorrente chama a atenção, devido a falhas bizarras Rodrigo Caio foi o principal responsável pela derrota tricolor na quarta passada contra o Atlético Paranaense, o grande problema é que o contestado zagueiro vem aos trancos e barrancos como titular na zaga sabe-se lá quais os méritos para haver esta titularidade e provoca sustos na torcida tricolor, há mais de um ano desde o infeliz episódio do fair play contra o Corinthians seu futebol caiu vertiginosamente e a falta de paciência da torcida aumentou profundamente.

Entendo a identificação e o amor de Rodrigo com o clube,mas ele faz parte de uma das gerações mais fracassadas do São Paulo,de tristes lembranças como a goleada contra o Corinthians por 6×1 em 2015,da eliminação contra o Cruzeiro na Copa do Brasil de 2017 e de falhas seguidas ao longo deste ano no Paulistão,Rodrigo infelizmente falha um jogo sim e outro também e se Aguirre pretende estabelecer uma competitividade na equipe do São Paulo,o caminho natural de Rodrigo Caio é o banco,pois depois da excelente atuação de Bruno Alves contra o Corinthians foi inexplicável a volta do camisa 03 num mata mata contra o Atlético-PR.

O ciclo de Rodrigo Caio infelizmente está chegando ao fim no amado clube brasileiro, pois não vejo a menor chance do zagueiro liderar a defesa tricolor numa conquista de títulos, entendo que o caminho de venda e saída de Caio é mais do que natural, se Arboleda tem ido cada vez melhor na zaga central do tricolor, o mesmo não se pode dizer de Rodrigo com atuações pífias e por vezes decisivas pro resultado adversário.

Rodrigo nunca foi zagueiro de origem, foi improvisado por Emerson Leão quando o treinador dirigiu a equipe em 2012 e se firmou na zaga, mas nunca teve cacoete de zagueiro, com alguns atacantes mais rápidos, Rodrigo sofre para marcar e muitas vezes peca na bola aérea, mas num critério pra lá de esquisito recebe convocações para a seleção brasileira não chegando aos pés dos seus companheiros de camisa amarela, leio de alguns amigos em grupos e nas redes sociais que participo que sua escalação é imposta pela diretoria, isto é ainda pior, pois se isso acontecer de fato não se pensa no grupo e sim em apenas na individualidade de um jogador bastante discutível.

Entendo que Rodrigo não pode levar a pecha sozinho de ser um vilão pela má fase do São Paulo, afinal se o meio não cria, o ataque não ataca e no gol o time é fraco,não há a possibilidade de resultados positivos, resta a Aguirre que vem mudando a atitude da equipe, escalar quem estiver melhor em campo e isto vale para Rodrigo, para Petros que vem jogando muito mal, para Militão que tem falhado na lateral, pois joga fora de posição ,Marcos Guilherme, Sidão; Rodrigo Caio que vem tendo sua titularidade bastante discutida tem que ir para o banco sim pra dar ao torcedor a impressão que quem joga no time titular é o melhor e não o contrário.

Grande Abraço a Todos!

Até a Semana Que Vem!

Siga-me no Twitter: @fernandocruz37

Sobre Fernando Cruz 128 Artigos
Fernando Pereira,42 anos,técnico contábil,formado em administração de empresa,passou pelo blog Isto é SPFC,torcedor do tricolor do Morumbi e rockeiro desde sempre!