SEGUE O JOGO, NADA MUDOU.

 

 

Salve nação tricolor!

No último sábado o São Paulo enfrentou o Palmeiras fora de casa, perdeu pelo placar de 3 x 1 em jogo que marcou a despedida de Marcos Guilherme, autor do gol tricolor.

O São Paulo não repetiu as últimas atuações, não foi bem, e mereceu a derrota. Equilibrou o jogo no primeiro tempo, saiu na frente no placar e na sequencia teve a oportunidade de ampliar, mas não conseguiu e foi para o intervalo vencendo por 1 x 0.

No segundo tempo o adversário voltou melhor, empatou em mais uma falha de Sidão e na sequencia marcou o segundo em lance de impedimento não anotado pelo árbitro, o time perdeu a confiança, se enervou e levou o terceiro gol que deu números finais ao placar (em alguns momentos lembrou muito o time de Dorival).

Além de Sidão, pior em campo, destaco também as más atuações de: Nenê, Everton e Diego Souza que além de estarem sem inspiração foram bem marcados pelo adversário e anulados em campo, Aguirre tentou mexer no time, mas não era dia; o São Paulo perdeu sua invencibilidade no campeonato e o adversário manteve a sua, segue sem perder para o tricolor em sua casa.

Após o jogo a torcida, naturalmente, começou a se preocupar… estaria o São Paulo “voltando a seu normal” ou foi uma derrota que acontece nesse tipo de torneio e seguimos fortes?

Eu acredito na segunda alternativa, na minha opinião o São Paulo hoje é o mesmo time de sábado à tarde: forte, bem treinado e com possibilidade de brigar pelas primeiras posições; perder em um campeonato desses é comum, e vale lembrar que o São Paulo estava invicto, foi o último a perder… faço apenas coro à torcida no seguinte aspecto: Sidão não pode ser o goleiro do São Paulo, pois não tem condições para isso e vem mostrando jogo após jogo que sua manutenção no gol é o grande equívoco de Diego Aguirre.

Uma ótima semana a todos,

Guine

Siga no twitter
www.twitter.com/Guine_SPFC
Discussões e opiniões sobre futebol e sobre o Tri-Mundial.