LÍDER DEPOIS DE TRÊS ANOS

Blog Tricolor

 

 

Tricolor líder do Brasileirão depois de três anos

Torcedor Tricolor On The Rock

Com a vitória (suada) em cima do Vasco por 2×1 o São Paulo assumiu a liderança do Brasileirão depois de três anos e 123 rodadas, a última vez que o tricolor foi líder foi em 2015 com o time dirigido por Juan Carlos Osório na sétima rodada, desde então o São Paulo passou por sofrimentos, montagens péssimas de elenco, troca constante de técnicos e viu sua participação no Brasileirão ser ligada a sofrimento e luta para não cair.

A comemoração que aconteceu nas redes sociais é justa, mas não há nada ganho, o São Paulo tem um turno inteiro pela frente e jogo a jogo, rodada a rodada tem que manter o foco pra alcançar o seu objetivo maior que é ser Hepta Campeão Brasileiro.

Já vimos histórias de títulos certos mudarem, que o diga o São Paulo que passou o Grêmio e foi hexa em 2008, mas elenco, diretoria boleira por trás e experiente, além de um técnico que mudou a cara do São Paulo no ano são elementos que fazem o torcedor tricolor recuperar sua longa auto estima perdida com tantos times e diretorias de futebol enfadonhas.

O mérito na montagem e na confiança dada ao time sem dúvida está com Raí, Ricardo Rocha e Lugano que fazem um trabalho importante e consagrador nos bastidores, a insistência com o nome de Aguirre feita por Lugano, tem dado resultado e o time virou um time eficiente, aguerrido e muito brigador.

O São Paulo, se as vezes os seus principais jogadores não estão inspirados, tem elementos que estão fazendo a diferença e com raça, entrega, sangue nos olhos, estão jogando 120% do que podem jogar e são decisivos para o time, o equatoriano João Rojas é este tipo de jogador, não se intimida com nenhum adversário, é rápido, driblador e cria lances decisivos, Hudson que foi renegado em um passado não muito distante, deu equilíbrio ao meio campo e faz uma ótima dupla de volantes com Liziero.

Se no meio temos um diferencial muito grande, na zaga temos uma dupla sensacional de zagueiros: Arboleda e Bruno Alves ou mesmo Anderson Martins são segurança que o time não tinha faz tempo, além de Anderson surpreender o adversário com gols, disse aqui que o time com a parada pra Copa iria evoluir muito e é o que vemos no trabalho de Aguirre, que tem o time nas mãos e acima de tudo muita estrela, as entradas de Carneiro e Trellez foram muito felizes e decidiram o placar frente ao instável time da colina com o gol salvador de Trellez.

O time de Aguirre perdeu o Paulista nos detalhes com uma falha de Liziero, vem vindo muito bem no Brasileirão e eu poderia dizer aqui que com outro técnico estava perdida a classificação da Sul Americana mas para o time tricolor não há jogo perdido e só aconteceu mesmo uma derrota para os Argentinos porque vieram aqui pro Morumbi para praticar o anti-jogo e desestabilizar o tricolor, mas o bom ambiente, a união do grupo que fez festa para Militão que foi para Portugal, indicam que o São Paulo pode dar alegrias a torcida neste segundo semestre que se inicia.

Se vão ser um, dois títulos, nenhum não importa, para o torcedor tricolor que se acostumou com o sofrimento dos últimos anos em lutar contra o rebaixamento, ver o time de Aguirre jogar é um grande alento, se vai ganhar títulos ou não, não sei, mas a atitude do time se encaminha seriamente para o São Paulo levantar taça ou taças neste ano.

Grande Abraço a  Todos!

Até a Semana Que Vem!

Siga-me nas redes sociais ali discutimos ideias e fazemos amizades sempre.

Twitter: @fernandocruz37

Instagram: fercione